A Warren Destaques

Como é feito o rebalanceamento pela gestão da Warren?

Em nosso compromisso de fazer a melhor gestão de investimentos, nós rebalanceamos os percentuais de alocação-alvo das carteiras dos nossos clientes. Entenda

Em nosso compromisso de fazer a melhor gestão de investimentos, nós rebalanceamos os percentuais de alocação-alvo das carteiras dos nossos clientes. Isso é feito com o objetivo de aumentar a probabilidade dos objetivos criados na nossa plataforma se concretizarem sem que os clientes precisem se preocupar com rebalanceamento, movimentações do mercado, vencimento de títulos e etc.

Além disso, não há nenhum custo adicional ou operacional, é parte do trabalho do nosso time de gestão, que atua focado para potencializar a evolução das suas carteiras.

LEIA MAIS | Como é o serviço de Wealth Management e carteira administrada da Warren

Mas como é feito este rebalanceamento?

Periodicamente, considerando a maior eficiência tributária e information ratio, nós rebalanceamos as carteiras de forma passiva ou ativa, além de considerar ativos individuais a serem adicionados ou retirados.

Em um cenário contínuo de queda na taxa de juros, no qual a Selic, provavelmente, chegará em 4,5% até o final de 2019 e se manterá baixa durante 2020, nossos algoritmos para otimização de portfólio e nossa visão de mercado de capitais fundamentaram nossa decisão de aumentar as posições em ações e multimercados e reduzir marginalmente em renda fixa. 

Isso significa que, se você tem uma carteira sugerida pela Warren, que não foi editada e possua renda variável, conforme você faça novos aportes, progressivamente, sua alocação irá aumentar a parcela em ações e multimercado. Em paralelo, irá diminuir o percentual em renda fixa, sempre respeitando a sua tolerância ao risco.

Um rebalanceamento ativo que já executamos foi o da inclusão do Warren Green nas carteiras não editadas e que possuem renda variável. Esse fundo será ótimo para a diversificação da carteira. 

Confira um exemplo: se você tem uma carteira não editada com alocação 92% – 3% – 5% (Conservador-Moderado), o Warren, aos poucos, irá remanejar os seus novos aportes para a alocação 80% – 12% – 8%.

Abaixo, nós mostramos a modificação resumida de algumas das principais alocações das nossas carteiras sugeridas. 

É importante ressaltar que a sua carteira pode divergir dos números apresentados abaixo, pois nosso algoritmo se adapta a suas necessidades considerando alguns filtros.

Na esquerda, a alocação antiga, na direita a nova:

Renda fixa Ações Outros   Renda fixa Ações Outros
1 100% 0% 0% Conservador 100% 0% 0%
2 92% 3% 5% Conservador
moderado
80% 12% 8%
3 84% 7% 9% Moderado 70% 15% 15%
4 70% 15% 15% Moderado
agressivo
50% 30% 20%
5 50% 30% 20% Agressivo 40% 30% 30%

Invista nos melhores produtos do mercado, em carteiras alinhadas com seus objetivos de vida e com transparência. Abra a sua conta na Warren agora, de graça!

1 comentário em “Como é feito o rebalanceamento pela gestão da Warren?

  1. Pingback: Os ingredientes certos para a sua carteira - Blog da Warren

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: