Destaques

Como a Selic em baixa impacta a vida do investidor?

A taxa básica de juros brasileira caiu pela segunda vez em dois meses. Saiba o que isso significa e qual o impacto na vida do investidor

A taxa básica de juros, a Selic, caiu pela segunda vez em menos de dois meses, desta vez para 5,5% ao ano. O Copom – Comitê de Política Monetária – anunciou o corte nesta quarta-feira (18) e ainda há uma perspectiva de que aconteça um novo corte de 0,5 ponto até o final do ano. No que a Selic em baixa impacta na vida do investidor brasileiro?

Como ficam os investimentos em renda fixa com a Selic em queda?

Investir em renda fixa sempre será uma ótima opção. Mas, neste cenário, a rentabilidade dos produtos de renda fixa atreladas à Selic será menor. 

Mas o que o investidor brasileiro, que até 2016 estava acostumado a ter uma taxa básica de juros de até 14% ao ano, pode fazer diante deste cenário? A resposta rápida para isto é: para ter uma boa rentabilidade com a taxa Selic em baixa, você precisará optar por, ou tomar mais risco ou esticar o prazo de resgate.

Mas quem quer correr risco? 

Quando o assunto é investimento, o risco tem uma correlação com a perspectiva de rentabilidade. Ou seja, é a perspectiva de uma rentabilidade maior que torna mais atrativo correr algum risco.

LEIA MAIS: Como funciona a rentabilidade de longo prazo: Renda Fixa

A tendência é que, para objetivos de longo prazo, mesmo os investidores de perfil mais conservador optem por alocações com renda variável e fundos multimercados. Períodos mais longos de aplicação reduzem bastante o risco do investimento em ações e oferecem bons retornos.

Como investir em renda fixa com a Selic baixa?

Não, você não precisa abrir mão da renda fixa, caso você prefira! Dentro dos produtos de renda fixa, a opção de crédito privado ou de produtos com menor liquidez podem impulsionar os rendimentos de quem busca mais retorno. 

Lembre-se sempre: a renda fixa  sempre será um componente de estabilidade em uma carteira administrada, mas é na diversificação responsável e inteligente que o investidor das economias mais sólidas encontra rentabilidade.

Afinal, o que é a taxa Selic?

A taxa Selic é a taxa básica de juros do país e serve de referência para várias modalidades de investimento em renda fixa. O importante é entender que, com a Selic em queda, os investimentos em renda fixa atrelados à ela vão remunerar cada vez menos.

LEIA MAIS | Como funcionam e como calcular juros compostos?

O efeito dos juros altos

Juros altos servem para que o governo consiga captar recursos que estão sendo aplicados ou gastos em outros lugares. No Brasil, os juros altos são o resultado do desajuste das contas públicas, que faz com que o governo esteja sempre precisando de mais dinheiro para fechar as contas, além dos problemas com a inflação.

Mas e a consequência dos juros altos? Com o governo pagando tão caro pelo dinheiro, o custo do crédito aumenta. Com o crédito tão caro, fica difícil empreender, investir em aumentar negócios, contratar mais pessoas, consumir, etc.

Além disso, a renda fixa alta desestimula investidores a usar seus recursos em iniciativas que movimentam a economia. Com o governo garantindo remuneração tão alta, por que tomar o risco de ampliar minha fábrica e os negócios não irem tão bem? E esta foi a realidade no país até pouco tempo.

O efeito dos juros baixos

Com a taxa Selic em baixa, a economia brasileira gira com mais facilidade. É um cenário de controle econômico, estímulo ao crescimento, controle de inflação e estabilidade.

Além disso, é mais convidativo investir na economia produtiva: abrir um negócio começa a fazer mais sentido. E são iniciativas como esta que podem oferecer ao país oportunidades decisivas de desenvolvimento, com mais trabalho e inovação, menos desigualdade e melhoria na qualidade de vida da população.

Então, para o país, o cenário de juros é ótimo! Mas, no que a Selic em baixa impacta na vida do investidor brasileiro? Para os investidores de renda fixa que possuem rentabilidade atrelada à Selic, como vimos mais acima, o impacto não é tão bom assim.

Quer investir sem se preocupar com a variação da Selic? A missão da Warren é oferecer uma experiência fácil, alinhada ao cliente e, acima de tudo, eficiente. E isso significa que entregar performance é o principal objetivo. Não é investidor com a Warren ainda? Comece agora!


1 comentário em “Como a Selic em baixa impacta a vida do investidor?

%d blogueiros gostam disto: