Destaques investimentos

Bolsa caiu. E agora?

Quando a bolsa cai os investidores podem sentir aquele friozinho na barriga. Mas isso não significa que é hora de se desesperar.

O nosso gestor, Thomaz Fortes, já abordou, aqui no Blog da Warren, os perigos de olhar para a bolsa como um negócio de ocasião. E também já falou das vantagens de investir com disciplina, cautela e foco no longo prazo.

Em seu relatório do mês de julho [texto disponível aqui], o gestor da Warren chamava atenção para o fato de que a bolsa brasileira, depois de atingir uma cotação recorde, costuma operar por algum tempo abaixo de seu patamar máximo.

O momento de ressaca começou alguns dias depois. Não, não temos uma bola de cristal!, mas porque o mercado de ações é assim mesmo. São diversas pessoas e instituições comprando e vendendo ações e essa turma toda acaba fazendo que os preços subam e desçam no curto prazo e isso, às vezes, ocorre sem um motivo muito racional.

Leia mais: Bolsa brasileira de ressaca?

Falamos “curto prazo” porque a oscilação da bolsa brasileira é muito grande. Um dia sobe, no seguinte cai. Essa montanha russa diária, que afeta fortemente as emoções de quem tem dinheiro investido em renda variável, pode esconder a visão de longo prazo, que mostra que a tendência é que os preços subam. Como você pode conferir no gráfico abaixo, que mostra a evolução do Ibovespa desde janeiro de 2016, as quedas costumam ser mais bruscas do que as altas, mas a calma pode ser bastante recompensada.

bolsasobe

Investir em ações é ser sócio de empresas e participar do crescimento delas. Nos portfólios de ações do Warren as posições são diversificadas entre as 600 principais empresas americanas e brasileiras, como Apple, Google, Facebook, Disney, Lojas Renner, Ambev, por exemplo.

Então você está investindo na Apple para ela continuar produzindo e vendendo iPhones e computadores e, na Disney, para ela continuar lotando seus parques temáticos e salas de cinema!

Leia mais: Day trade é bom ou ruim?

O que fazer quando você entrar no Warren, ou em outra plataforma, e ver seu portfólio que tem ações sofrendo no curto prazo?

Tenha paciência e pense no seu Objetivo. O dinheiro que está investindo nesse portfólio é para ser pensado para o longo prazo e por isso essas ondas de curto prazo não podem distanciar você do plano.

Quer ler os relatórios completos da gestão? Clique aqui!

Invista sempre!

A melhor estratégia é investir regularmente, de preferência, pelo menos uma vez por mês. Quando a bolsa está em baixa, você compra mais ações com menos dinheiro, e quando a bolsa está em alta… Bem, como você deve ter observado no gráfico ali em cima, a alta de hoje sempre pode ser superada. Investindo sempre e de maneira diversificada você consegue um bom preço médio para as suas ações, reduz o risco de seu investimento e maximiza seus ganhos no longo prazo.

Comece agora a investir com a Warren!

0 comentário em “Bolsa caiu. E agora?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: