Destaques investimentos

Bolsa brasileira de ressaca?

A proposta do texto-base da reforma da Previdência foi aprovada no primeiro turno no Congresso Nacional e deve seguir para o segundo turno até o final de julho. Até a votação, o Ibovespa – índice norteador da bolsa brasileira – seguia imbatível, com quatro pregões seguidos renovando recordes.

No dia seguinte à votação, porém, a euforia da bolsa brasileira deu espaço para uma ressaca do mercado acionário, daquelas típicas de quem exagerou na comemoração da festa na noite anterior.

Leia mais: Investir na bolsa brasileira está barato ou caro?

Mas qual é o motivo? O mercado não estava otimista?
A expectativa em relação à aprovação da reforma já vinha contribuindo para o acúmulo de ganhos do Ibovespa em 2019, que passa de 17%. Uma vez confirmada – pelo menos no primeiro turno – faz com que o mercado comece a realizar os ganhos do fato.  Portanto, essa ressaca pode receber o famoso nome “sobe no boato e cai no fato”, algo típico das negociações em bolsa.

A gente explica: quando o mercado gera expectativas em relação a algo, começam os boatos. A qualquer sinalização de que esse boato é positivo e que ele vai se concretizar, os investidores passam a comprar mais ações, o que leva o Ibovespa pra cima.

Leia Mais: Day trade é bom ou ruim?

Com o fato efetivado, os investidores passam a realizar os ganhos da alta e começam a vender as ações. Daí vem a queda momentânea.

Claro que não é só de boataria que a bolsa brasileira vive. Contribui para a queda o receio de que mudanças sejam feitas nos destaques da reforma antes da votação do segundo turno. Especula-se que essas alterações possam ser feitas para beneficiar algumas categorias, como a dos trabalhadores da área de segurança. Além disso, uma leve queda no número de vendas do varejo brasileiro contribuiu para essa “ressaquinha” da bolsa.

Leia mais: como se aposentar sem depender do INSS?

Mas você, investidor inteligente, não precisa se preocupar com isso, pois a volatilidade é natural na bolsa de valores desde que o mundo é mundo. O fato das coisas funcionarem assim é justamente o que dá mais emoção ao investir em ações. Por isso, lembre-se sempre: o sobe e desce no curto prazo não deve ser levado em consideração quando o investimento é de longo prazo e quando a ideia é acumular um maior patrimônio.

E mais: a expectativa para a bolsa brasileira é muito boa para 2019! Alguns analistas chegam a dizer que esperam que a bolsa chegue aos 125 mil pontos ainda este ano. Por isso, fique tranquilo, faça o seu balde de pipoca e assista a performance no longo prazo, que a gente garante que não haverá arrependimento.

Está otimista? Então dica: estamos em boa hora para garantir um bom preço médio. Por isso, faça novos aportes!

Não é investidor com a Warren ainda? Comece agora!

%d blogueiros gostam disto: