A Warren destaque Finanças pessoais investimentos

Private Bank: aquele piso bonito que desvia sua atenção do que realmente importa

Os private banks oferecem agências elegantes, gerentes com roupas mais caras e disponibilidade no atendimento. Às vezes, o cliente tem direito até a acessar sala especial em aeroporto. Em vez de estudar as cartilhas de economia, o cliente pode relaxar tomando um café enquanto seu gerente faz todo o trabalho. A pergunta é: faz bem feito?

Quando precisamos tomar decisões sobre um assunto muito técnico, com o qual não temos familiaridade, recorrer aos especialistas é sempre a escolha mais inteligente. Mas nem tudo é tão simples e fácil na vida real. Fazer escolhas responsáveis não é simplesmente escolher alguém em quem acreditar cegamente.

É claro que você não precisa estudar Medicina para decidir a qual médico confiar sua saúde. Nem precisa estudar Engenharia para escolher qual engenheiro vai garantir que o teto de sua nova casa não caia sobre sua cabeça. Mas é importante verificar a reputação e o histórico dos profissionais a quem você confia certas escolhas, porque elas afetam a sua vida. A disponibilidade que o profissional tem para te colocar a par de tudo que está em jogo é sempre um bom indicativo.

O problema é que, muitas vezes, somos distraídos com vantagens que até ajudam a transmitir uma sensação de credibilidade, mas nem sempre têm a ver com competência técnica. Certamente não são as variedades de café disponíveis na sala de espera que garantem a competência do médico, não é?

Exclusividade? Ótimo. Mas a pergunta é: meu dinheiro está rendendo?

A ideia de um atendimento exclusivo, em um ambiente agradável e com a promessa de disponibilidade parece surtir efeito quando o assunto são investimentos. Os principais bancos do país criaram suas agências gourmet muito antes do recente surto de gourmetização das coisas. Os private banks oferecem agências elegantes, gerentes com roupas mais caras e disponibilidade no atendimento. Às vezes, o cliente tem direito até a acessar sala especial em aeroporto. Em vez de estudar as cartilhas de economia, o cliente pode relaxar tomando um café enquanto seu banco faz todo o trabalho. A pergunta é: faz bem feito?

Leia mais: Fundos de renda fixa dos grandes bancos estão passando vergonha (de novo!) em 2019

Agora: o que essas vantagens dizem de concreto sobre a capacidade que seu banco tem de fazer o seu dinheiro render, sem cobrar taxas absurdas por isso? É claro que é razoável acreditar que uma empresa que oferece toda uma estrutura de exclusividade a seus clientes é bem-sucedida e, portanto, deve ser boa no que faz.

Mas é importante lembrar que a atividade principal de um banco, ou seja, aquilo que um banco faz, é, antes de qualquer outra coisa, emprestar dinheiro. E com poucos bancos concentrando as operações de crédito no país, fica fácil cobrar caro e se dar bem, não é?

bank-banking-close-up-1020313

Juros bancários no Brasil

Os bancos cobram caro pelo dinheiro que emprestam. Em 2018, o juro médio do cheque especial chegou a 13,19%. Portanto, quanto menos o banco pagar pelo dinheiro que ele empresta, mais lucro ele vai ter. Para desviar a atenção desse conflito de interesses, vale gerente elegante, sala em aeroporto e até piso de mármore.

Credibilidade: como se mede?

Na hora de buscar orientação para seus investimentos, os critérios devem ser aqueles que dizem respeito direto a o que é um investimento e os que dizem respeito a o que é uma prestação de serviços

Qualidade do investimento: o critério é quanto seu dinheiro vai render e como os rendimentos ajudarão você a alcançar os objetivos aos quais está destinando seu investimento.

Quando você investe, você tem um objetivo, que pode ser comprar uma casa, reformar seu apartamento, viajar, garantir a aposentadoria, ter uma reserva de emergência ou constituir um patrimônio. Os melhores investimentos são aqueles que levam você a atingir seus objetivos, otimizando seu tempo, com segurança e rentabilidade.

Qualidade do serviço: um serviço de qualidade é aquele que você contrata por um preço justo, que mantém transparência sobre o que está custando o que está oferecendo e permite a você a possibilidade de acompanhar o desempenho. Além disso, um bom serviço deve poder garantir o alinhamento com os clientes.

Leia mais: Como os conflitos de interesses atrapalham seus investimentos

Estar alinhado aos clientes é oferecer um serviço sem conflitos de interesse. Com inúmeros produtos financeiros disponíveis aos investidores, escolher o melhor pode ser um desafio para quem não é expert no assunto. Mas como diferentes produtos têm diferentes preços e taxas, ao buscar orientação nos bancos, fica difícil saber se o gerente está oferecendo o que é melhor para você ou o que rende mais comissão para ele. Ou o que vai garantir ao banco pagar menos pelo seu dinheiro e cobrar bem caro quando for emprestá-lo aos clientes que caem no cheque especial.

Devo priorizar alinhamento, custo, transparência ou rentabilidade?

Na Warren você tem tudo isso. A Warren surgiu para solucionar o drama crônico do conflito de interesses no mercado financeiro. Para isso, precisamos ser 100% transparentes e, como consequência disso, nossos custos e taxas não podem ficar escondidinhos em notas de rodapé com letras minúsculas.

A Warren cobra 0,5% ao ano de taxa de gestão e mantém taxa 0 para os produtos próprios. Sem cobrar taxas diferentes entre um produto e outro, você pode ficar seguro de que o nosso critério na sugestão de investimentos é você.

Leia mais: O que é carteira administrada e quais suas vantagens

Quando você cria um objetivo e começa a investir nele, a plataforma da Warren oferece as melhores opções de investimento para o seu perfil e para o seu objetivo, e não as que pagam mais taxas. Além disso, a Warren permite aos clientes que adquiram produtos de outras gestoras e, para manter a clareza, devolve ao cliente a comissão que recebe pela intermediação desses produtos.

Mas não é só o alinhamento. A Warren também tem performance para oferecer. Nossos fundos contemplam todos os perfis de investidor, dos mais conservadores aos mais arrojados, e têm ótimo rendimento.

Exclusividade é ter os melhores produtos sem pagar mais por isso. Contar com todos os dados que você precisa para avaliar os custos e os rendimentos na palma da sua mão e, ainda por cima, ter a certeza de que o foco está no lugar certo: você!

Comece agora a investir com a Warren!

0 comentário em “Private Bank: aquele piso bonito que desvia sua atenção do que realmente importa

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: