Destaques Produtos

O que é CDB e quanto ele rende?

CDB é a sigla para Certificado de Depósito Bancário. Esta é uma modalidade de investimento bastante segura em renda fixa.

CDB é a sigla para Certificado de Depósito Bancário. Esta é uma modalidade de investimento bastante segura em renda fixa.

A finalidade é fornecer crédito
Quando você investe em um CDB, você está colocando seu dinheiro à disposição de uma empresa que vai usá-lo por um tempo determinado e pagar diretamente a você pelo empréstimo.

Esta é uma das modalidades de investimento mais seguras disponíveis no mercado. Além da emissão destes certificados ser fortemente regulada por órgãos fiscalizadores, os CDBs são títulos de investimento que contam com o seguro do Fundo Garantidor de Crédito – o mesmo que garante as aplicações em poupança.

Qual o rendimento do CDB?
A principal taxa de referência para o rendimento dos CDBs é a taxa DI. Existem outras referências para a remuneração do CDB, como a inflação, por exemplo. Há ainda CDBs pré-fixados, em que você contrata uma taxa anual que não varia de acordo com o DI ou com a inflação:

CDB pós-fixado
O rendimento é atrelado a uma taxa de referência, que pode ser o DI ou a inflação. Isso significa que quando o DI e a inflação oscilam, seus rendimentos acompanham o movimento.

CDB pré-fixado
O rendimento não é atrelado a nenhum outro indicador. Você contrata uma taxa anual e seu dinheiro rende de acordo com ela. Pode ser vantajoso quando há expectativa de queda da inflação ou da taxa DI.

 

money-2724237_960_720

Mas o que é um CDB atrelado ao CDI?
Esta taxa é uma média de mercado que oscila muito próxima à taxa básica de juros, a famosa Selic. Hoje, por exemplo, com a taxa Selic em 6,5% ao ano, o DI está em 6,39%.

A poupança também tem a Selic como referência, mas rende com um desconto que varia entre 30% e 50% da taxa. Hoje, por exemplo, o desconto é de 30%. Portanto, a poupança está rendendo 70% da Selic – o que dá 4,55% ao ano.

CDB atrelado à inflação
CDBs atrelados à inflação oferecem rendimentos com base no Índice de Preços ao Consumidor (IPCA), medido mensalmente pelo IBGE, ou no Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), medido pela Fundação Getúlio Vargas. Os emissores do título também podem acrescentar à inflação uma taxa adicional, que costuma ser maior quanto maior for o prazo de vencimento.

Por exemplo: uma instituição pode oferecer um CDB com prazo de vencimento em 2020, pagando a inflação + 2%, e oferecer ainda um outro CDB, só que com prazo para 2025, com inflação + 3,5% de taxa adicional.

Conheça seu perfil de investidor e as melhores opções para seus investimentos!

Rende mais que a poupança?
Mesmo com o pagamento de Imposto de Renda sobre os rendimentos, investir em bons CDBs garante retornos mais vantajosos que os da poupança. Além disso, o imposto de renda para estes títulos é regressivo, então quanto mais tempo você mantiver seu dinheiro aplicado, menos imposto você vai pagar.

Falamos em “bons” porque há muitas opções no mercado que pagam 75% da CDI ao ano, o que dá o mesmo retorno da poupança. Por isso é importante que você escolha bem os títulos e os prazos de vencimento. Um bom CDB parte de 100% do CDI.

Além disso, quando você tem dinheiro na poupança, ele rende apenas uma vez por mês, com base no menor saldo do período. Já o CDB rende diariamente.
FIC gráfico

Pode haver rendimento negativo?
Não. CDBs são uma aplicação de renda fixa. Ou seja, você conta com rendimentos diários. Já a performance do rendimento depende de algumas variáveis, como o prazo de vencimento e a instituição emissora.

Investir em um Fundo de Renda Fixa que aplica em títulos de crédito privado, entre eles, CDBs, pode ser uma boa solução para garantir bons rendimentos sem se preocupar com liquidez. Os Fundos de Renda Fixa em Crédito Privado diversificam seu portfólio, investindo em diferentes títulos, de curto e de longo prazo, oferecendo liquidez diária com os melhores retornos.

Liquidez
Aqui está uma das principais diferenças entre a poupança e o CDB. Na poupança você conta com alta liquidez, ou seja, saca seu dinheiro a qualquer momento. Embora existam CDBs que também ofereçam liquidação imediata, as empresas, quando emitem CDBs, procuram oferecer taxas mais vantajosas a investidores que optam por prazos mais longos.

Como investir em CDBs
Na Warren você pode investir diretamente em CDBs de grandes instituições ou por meio do nosso Fundo Warren de Crédito Privado.

Ao optar pelo investimento direto, você escolhe os papéis que deseja comprar de acordo com o valor que deseja aplicar e o prazo pretendido.

Você também pode investir no nosso Fundo de Crédito Privado, uma alternativa para quem quer começar a aplicar a partir de R$ 100 sem se preocupar com longos prazos de resgate. Você investe em um fundo gerido pelos profissionais da Warren e conta com um portfólio variado, composto pelos melhores produtos disponíveis no mercado.

Invista em CDBs com a Warren e ganhe fácil da poupança!

 

4 comentários em “O que é CDB e quanto ele rende?

  1. Pingback: Como a Warren diversifica os seus investimentos – Warren Blog

  2. Pingback: A performance de 2018 dos maiores fundos de renda fixa do país é assustadora – Warren Blog

  3. Pingback: Perder dinheiro na poupança é possível? Sim! – Warren Blog

  4. Pingback: Por que banco sempre lucra? – Warren Blog

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: