Produtos

Rendimento da poupança: por que a Warren é melhor?

Todo mundo está cansado de ouvir que poupança não é investimento. Mas você sabe por quê?

Todo mundo está cansado de ouvir que poupança não é investimento. Mas você sabe por quê? O brasileiro é acostumado a pensar que a poupança é um bom investimento, pois é um lugar seguro de deixar o dinheiro. Isso é fruto do hábito herdado dos nossos pais e avós. Afinal, há alguns anos os investimentos inteligentes não eram tão acessíveis a todos como hoje. E, ao analisarmos o rendimento da poupança, podemos ver que ela não é um bom investimento.

Simule um investimento na Warren para ganhar da poupança.

Para entender porque o rendimento da poupança não a torna um bom investimento, vamos explicar como funcionam os juros da poupança. Primeiro é importante lembrar que desde 4 de maio de 2012, a rentabilidade da poupança é definida pela taxa básica de juros, a Selic. Se a Selic estiver com juros de 8,5%, ou abaixo disso, a poupança irá render 70% desse valor. Como a Selic está atingindo uma média de 6,5% ao ano, fica fácil perceber que os rendimentos da poupança não valem a pena. Em números temos: 70% de 6,5% = 4,55% ao ano.

Para entendermos melhor como esse rendimento é pequeno, vamos simular o rendimento de uma caderneta de poupança.

R$ 1.000,00 depositados rendem:
Em 1 ano: R$ 1.045,50 (R$ 45,50)
Em 2 anos: R$ 1.092,68 (R$ 92,68)
Em 3 anos: R$ 1.142,20 (R$ 142,20)

Agora, se você investisse em fundo de investimentos com títulos do governo, que rendem 100% do CDI, mesmo com o desconto do imposto de renda, você ainda teria mais rentabilidade. Quando você investe em fundos de investimentos, a cobrança do IR é feita somente em cima dos rendimentos, não do valor total investido e acontece da seguinte maneira:

Até 180 dias = 22,50% do Rendimento
De 181 a 360 dias = 20% do Rendimento
De 361 a 720 dias = 17,50% do Rendimento
Acima de 720 dias = 15% do Rendimento

Assim, investindo em um fundo 100% renda fixa, com títulos do governo, você teria, ao investir os mesmos R$ 1.000,00:

Em 1 ano: R$ 1.062,00 (R$ 62,00 – 17,5% de IR = R$ 51,15)
Em 2 anos R$ 1.128,00 (R$ 128,00 – 15% de IR = R$ 108,80)
Em 3 anos R$ 1.198,00 (R$ 198,00 – 15% de IR = 168,29)

Viu só como faz diferença?

Agora, se você investisse na renda fixa turbinada da Warren, que consiste em um fundo com títulos de crédito privado, os resultados seriam ainda melhores. Os mesmo R$ 1.000,00 seriam:

Em 1 ano: R$ 1.068,00 (R$ 68,00 – 17,5% de IR = R$ 56,09)
Em 2 anos: R$ 1.142,00 ( R$ 142,00 – 15% de IR = R$ 120,70)
Em 3 anos: R$ 1.220,00 (R$ 220,00 – 15% de IR = R$ 187,00)

Mas se o seu perfil for um pouquinho mais arrojado, pode investir em fundo com 95% de renda fixa e 5% em renda variável (ações).

*Lembrando que esses números são apenas uma estimativa, já que a rentabilidade de fundos de ações é variável. Também é importante lembrar que não indicamos fundos de ações para objetivos a curto prazo. Os próximos exemplos, que incluem ações, foram usados apenas para efeitos de comparação.

Nesse caso, os mesmo R$ 1.000,00 ficam:

Em 1 ano R$ 1.071,00 (R$ 71,00 – 17,5% de IR = R$ 58,57)
Em 2 anos R$ 1.148,00 (R$ 148,00 – 15% de IR = R$ 128,50)
Em 3 anos R$ 1.229,00 (R$ 229,00 – 15% de IR = R$ 194,65)

Viu só como vale a pena arriscar um pouco mais? Os resultados compensam. Mas investir em renda variável é indicado apenas para objetivos de longo prazo, com resgate superior a 3 anos e também para pessoas com perfil arrojado e que consigam encarar no peito as oscilações da bolsa. Se você se identifica com esse perfil, a sugestão abaixo vai ser bastante tentadora para você.

Se ainda não sabe qual é o seu perfil de investidor, que tal descobrir agora?

Investindo R$ 1.000,00 em fundo com 80% em renda fixa e 20% em ações, os resultados esperados são:

Em 1 ano R$ 1.081,00 (R$ 81,00 – 17,5% de IR = R$ 66,82)
Em 2 anos: R$ 1.169,00 (R$ 169,00 – 15% de IR = R$ 143,65)
Em 3 anos: R$ 1.264,00 (R$ 264,00 – 15% de IR = R$ 224,40)

Ficou animado? Então que tal investir em uma corretora digital 100%, focada no cliente, onde é possível ganhar da poupança com facilidade? Comece agora.

2 comentários em “Rendimento da poupança: por que a Warren é melhor?

  1. Pingback: Como se aposentar sem depender do INSS – Warren Blog

  2. Pingback: Bancos apresentam péssima performance na Renda Fixa em 2019 – Warren Blog

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: